28 de Maio de 2018

A alegria é o respiro do cristão, diz Papa

Inspirando-se no Evangelho do dia, Santo Padre falou sobre a alegria cristã


A alegria é o respiro do cristão, diz Papa

Na homilia da Missa celebrada nesta segunda-feira, 28, na Capela da Casa Santa Marta, o Papa Francisco falou sobre a alegria cristã. A reflexão foi inspirada no trecho do Evangelho de Marcos, que narra o episódio em que um homem perguntou a Jesus: “Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?”. Ao ouvir a resposta de Jesus: “Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu”, ficou abatido e foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico.

Francisco explicou que o verdadeiro cristão não pode ser tenebroso ou triste. “A alegria cristã é o respiro do cristão! Um cristão que não é alegre no coração, não é um bom cristão. É o respiro, o modo de se expressar do cristão: a alegria. Não é algo que se compra ou que faço com esforço, é um fruto do Espírito Santo. Quem faz a alegria no coração é o Espírito Santo”, disse.

De acordo com o Santo Padre, a rocha sólida sobre a qual se apoia a alegria cristã é a memória e a esperança: “Não podemos, de fato, esquecer aquilo que o Senhor fez por nós, regenerando-nos a uma nova vida; assim como a esperança daquilo que nos aguarda: o encontro com o Filho de Deus. Memória e esperança são os dois elementos que permitem aos cristãos viver na alegria, não uma alegria vazia, mas uma alegria cujo primeiro grau é a paz”.

Ele esclareceu que a alegria cristã não é viver “de risada em risada” e frisou: “A alegria cristã é a paz, a paz que está nas raízes, a paz do coração, a paz que somente Deus pode nos dar”.

Por fim, o Papa observou que não é fácil preservar a alegria cristã: “No mundo contemporâneo, infelizmente, nos contentamos de uma cultura pouco alegre, uma cultura onde inventam tantas coisas para nos divertir, tantos momentos de dolce vita, mas que não satisfazem plenamente. A alegria, de fato, não é algo que se compra no mercado, é um dom do Espírito e vibra também no momento do turbamento, no momento da provação”.

“A alegria, a consolação: o nosso respiro de cristãos”, concluiu Francisco.

Fonte: Amex, com Rádio Vaticano


21

Out

29º Domingo do Tempo Comum

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

22

Out

Semana Missionária da nossa Forania (padres e diáconos)

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

30

Set

Dia de São Jerônimo - Dia da Bíblia

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim