Notícia

01 de Setembro, 2014

Papa: 'Abrir o coração para acolher Palavra de Deus'

“Não se anuncia o Evangelho para convencer com palavras sábias, mas com humildade, porque a força da Palavra de Deus é o próprio Jesus, e somente quem estiver com o coração aberto pode acolhê-lo”. Este foi o teor da homilia de Francisco na manhã de 1º de setembro, retomando as missas matutinas na Casa Santa Marta depois da pausa do verão.


Comentando as leituras do dia, o Papa explicou o que é a Palavra de Deus e como recebê-la. São Paulo recordou aos Coríntios ter anunciado o Evangelho sem utilizar palavras eruditas:
“Paulo disse: “Eu não fui até vocês para convencê-los com argumentos, palavras, figuras bonitas... Não, eu fui de outro modo, com outro estilo; fui na manifestação do Espírito e na sua força, para que sua fé não se baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus”. Assim, a Palavra de Deus é uma coisa diferente, que não é igual à palavra humana, sábia, científica ou filosófica... Não! É outra coisa: vem de outra forma”.


Foi o que aconteceu com Jesus quando comentou as Escrituras na Sinagoga de Nazaré, onde cresceu. Seus conterrâneos inicialmente o admiraram por suas palavras, mas depois se enfureceram e tentaram matá-lo: “Passaram de uma parte para outra – explicou o Papa –porque a Palavra de Deus é diferente da palavra humana”. Com efeito, Deus nos falou no Filho, “ou seja, a Palavra de Deus é Jesus, o próprio Jesus”, e Jesus é motivo de escândalo. A Cruz de Cristo escandaliza, e ela é a força da Palavra de Deus: Jesus Cristo, o Senhor. Mas como devemos receber a Palavra de Deus? Como se recebe Jesus Cristo. A Igreja nos diz que Jesus está presente na Escritura, em sua Palavra. "Por isso – afirmou o Papa – é tão importante ler, durante o dia, um trecho do Evangelho”.


“Para que, para aprender? Não! Para encontrar Jesus, porque ele está em Sua Palavra. Cada vez que lemos o Evangelho, encontramos Jesus. E como receber esta Palavra? Como se recebe Jesus, isto é, com o coração aberto, humilde, com o espírito das Bem-aventuranças, porque Jesus veio assim, em humildade; veio em pobreza, veio com a unção do Espírito Santo”. “Nós também, se quisermos ouvir e receber a Palavra de Deus, devemos rezar ao Espírito Santo e pedir a unção do coração, que é a unção das Bem-aventuranças”.

O Papa concluiu a homilia convidando: “Hoje nos fará bem questionarmo-nos sobre como recebemos a Palavra de Deus: como uma coisa interessante? Recebo a sua Palavra simplesmente porque é Jesus vivo? Eu seria capaz de comprar um pequeno Evangelho (é barato!), levá-lo comigo no bolso e quando puder, durante o dia, ler uma passagem, para encontrar Jesus?”.


Fonte: News.Va