16 de Janeiro

S√£o Berardo e companheiros m√°rtires

Em 1219, S√£o Francisco enviou esses mission√°rios para a Espanha, que estava tomada por mouros. Passaram por Portugal a p√©, com dificuldades. Dependendo da Divina Provid√™ncia, chegaram a Sevilha. Ali come√ßaram a pregar, principalmente como testemunho de vida. Eram 3 sacerdotes e dois irm√£os religiosos que incomodaram muitas pessoas ao anunciar o Evangelho. Acompanhado pelo testemunho, teve quem abrisse o cora√ß√£o para Cristo e as convers√Ķes come√ßaram a acontecer. Pregaram at√© para o rei mouro, porque, tamb√©m ele merecia conhecer a beleza do Santo Evangelho. Por√©m, anunciar o Evangelho naquele tempo, como nos dias de hoje, envolve riscos e eles foram presos por isso. Por influ√™ncia do rei mouro, eles foram deportados para Marrocos e, ao chegarem l√°, continuaram evangelizando; uma prega√ß√£o sobre o reino de Deus, sobre o √ļnico amor que pode converter.

Graças a Deus, devido aos sinais, principalmente àquele tão concreto de Deus, que é a conversão e a mudança da mentalidade, as pessoas começaram a seguir Cristo e a querer o batismo. Mas isso incomodou também o rei mouro que, influenciado por fanáticos, prendeu os cinco franciscanos, depois os açoitou e decapitou.

Os santos mártires que, em 1220, foram mortos por causa da verdade, hoje, intercedem por nós.

S√£o Francisco, ao saber da morte dos seus filhos espirituais, exultou de alegria, pois eles tinham morrido por amor a Jesus Cristo.

São Berardo e companheiros mártires, rogai por nós!



25

Ago

Missa em Ação de Graças os leigos voluntários da Basílica Santuário

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

26

Ago

Comemoração da Vocação do Leigo

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

31

Ago

Ultima sexta-feira do mês

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim