07 de Março

Santas Perp√©tua e Felicidade ¬Ė M√°rtires do segundo s√©culo

Jovens m√£es que foram at√© as √ļltimas consequ√™ncias defendendo a f√© que professavam

Santas Perp√©tua e Felicidade - M√°rtires do segundo s√©culoNuma persegui√ß√£o que se desencadeou em Cartago, foram presos nesta cidade cinco catec√ļmenos, entre os quais uma escrava chamada Felicidade e uma mulher, ainda nova e de posi√ß√£o, chamada Perp√©tua. A primeira estava gr√°vida de oito meses e a segunda tinha uma crian√ßa de peito. Receberam o batismo enquanto estavam presas.

Permitiram a Perp√©tua que levasse consigo o filho para o c√°rcere. Chegado o interrogat√≥rio, ambas confessaram abertamente a f√© e foram condenadas a ser lan√ßadas √†s feras no anivers√°rio do imperador Geta. A m√£e foi ent√£o separada do seu filhinho. “Deus permitiu que ele n√£o voltasse a pedir o peito e que ela n√£o fosse mais atormentada com o leite”, escreveu Perp√©tua no di√°rio que foi fazendo at√© o dia da sua morte. Narra em seguida uma vis√£o em que lhe apareceu seu irm√£o Din√≥crates, ao sair do Purgat√≥rio gra√ßas √†s suas ora√ß√Ķes, e outra em que lhe foi prometida a assist√™ncia divina no √ļltimo combate.

Felicidade receava que, devido ao seu estado, n√£o lhe permitissem morrer com a companheira, mas, tr√™s dias antes dos espet√°culos p√ļblicos, deu √† luz. Como as dores do parto lhe arrancassem gritos, um dos carcereiros observou-lhe: “Se tu te lamentas j√° dessa maneira, que ser√° quando fores lan√ßada √†s feras?”. “Hoje sou eu que sofro, respondeu a escrava; nesse dia, sofrer√° por mim Aquele por quem eu sofro”. Deu √† luz uma menina que foi adotada por uma mulher crist√£.

Perp√©tua e Felicidade entraram alegremente no anfiteatro com os tr√™s companheiros. Envolveram-nas numa rede e entregaram-nas √†s arremetidas duma vaca furiosa. O povo cansou-se depressa de ver torturar as duas jovens m√£es, uma das quais ia perdendo o leite, e pediu que se acabasse com aquele espet√°culo. Abra√ßaram-se ent√£o pela √ļltima vez. Felicidade recebeu o golpe de miseric√≥rdia impavidamente. Perp√©tua caiu nas m√£os dum gladiador desastrado que falhou o golpe, “tendo-se visto ela pr√≥pria na necessidade de dirigir contra o pesco√ßo a m√£o tr√™mula do gladiador inexperiente”. Estes mart√≠rios deram-se na era de 203.

Santas Perpétua e Felicidade, rogai por nós!



20

Abr

S√°bado de Aleluia

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

21

Abr

Domingo de P√°scoa

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

27

Abr

Missa com a participação dos crismandos

Local: Basílica Santuário do Senhor do Bonfim